Quanto custa um Container?

Aqui está a dúvida que mais recebo todos os dias em minha caixa de mensagens. As casas feitas (especialmente ou não) com containers estão sendo cada vez mais janela como uma escolha. Porém, afinal de contas, quanto elas custam? Valem inclusive a pena? Ficam mais baratas que a construção com alvenaria comum?

Bem, são várias perguntas e eu não tinha subsídios para agir a cada um dos que me procuravam com tais dúvidas. Efetivamente, eu vou desenvolver uma casa de container (mista), porém minha experiência único não impreterivelmente é base para todos. Primeiro visto que usaremos similarmente mais materiais. De acordo com visto que escolhi um terreno impreterivelmente acidentado – e apenas as contenções (muros) vão acudir-se a aprimorado no mínimo 70% (setenta por cento) mais cara que deveria ser, porém isto aconteceria com qualquer material -, então os containers precisarão de suportes bastante mais complexos que em um terreno plano. Alcoviteiro visto que optamos por preservar o máximo possível da plástica do container, logo economizaremos com revestimentos.

Há um tempo já fiz um post com algumas questões, até mesmo princípios, sobre container. Porém achei que ele não aparecia completo o bastante e pode ser que até meio absconso no blog, tanto que as perguntas sobre a abacaxi estão cada vez em números maiores (vocês são super quietinhos nas redes sociais, porém tagarelas via e-mail). Ele (post) continua tendo boas informações, por isso esse servirá somente para complementá-lo – sem esquecer do post com a listagem de companhias que fazem estes serviços.

Antes de iniciar a resultar aqui os princípios, reitero algumas questões que precisam ser analisadas por todos, até para em seguida não ser cobrada por vocês encontrarem princípios mais ou pouco elevados que os aqui apresentados:

1) Os princípios referentes aos containers e transporte foram abiscoitados com a empresa BTI Brasil, que é a empresa com a qual contratei a aquisição dos meus containers, os recortes e o transporte.

2) Como a empresa encontra-se localizada em Itajaí/SC, bastante certamente os princípios serão vários em outras regiões do país.

3) Quanto mais afastado de um abrigo sua município estiver, mais caro ficará o transporte, por certamente. Porém, argumento que algumas companhias contem containers mais baratos que outras, ocasionalmente pode acarretar a pena alucinar-se com o material 1000 Km, pagando por este aluguel, que adquirir da empresa mais próxima. Investigar é bastante fundamental. E não somente o preço precisa ser apontado. Veja há quanto tempo a empresa age no mercado, quais os afazeres anteriores e dessa maneira por perante. É sua família que ficará dentro desse aço todo. A BTI Brasil, tendo como exemplo, atende todo o Brasil.

4) Uma casa container não se limita aos containers. Se optar pelo Container Dry, será necessário abalroar em blindagem (térmico e acústico), por causa disso seu valor exordial é menor. Já o Reefer, bastante ainda que mais caro, já vem com o abandono térmico e acústico de indústria, o que diminui o trabalho a ser executado nele. Se o finalidade é preservar o fachada interior do container, o Reefer é a melhor escolha, uma vez que o Dry, depois de o isolamente, necessita acolher um material de acabamento, como gesso. Se, ao contrário, o finalidade for ocultar o container, os dois admitem qualquer forma de blindagem.

5) Embora vocês queiram abraçar um projeto DIY, alguns detalhes precisam ser feitos por profissionais habilitados. Recortar container não é uma coisa possível como parece. Você pode adulterar um container inteiro e inutilizá-lo se não o fizer com o profissional certamente. Ocasionalmente o acessível sai caro e no momento em que se trata de sua segurança, abalançar não precisa ser uma escolha.

Feitas essas considerações, vamos, por isso. ao que interessa.

.

1) Princípios dos containers sem nenhuma modificação:

– Container Dry 20: entre R$ 5.000 e R$ 6.000

– Container Dry 40 e Dry 40 HC: entre R$ 6.000 e R$ 7.000

– Container Reefer 20 (sem propulsor): entre R$ 12.000 e R$ 14.000

– Container Reefer 40 (sem mortor): entre R$ 13.000 e R$ 15.000

.

2) Princípios dos containers com modificações para apartamento:

– Container alterado para apartamento de 14 m2 (quarto, banheiro e cozinha): Com blindagem – entre R$ 15.000 e R$ 17.000

– Container alterado para apartamento de 14 m2 (quarto, banheiro e cozinha): Sem blindagem – entre R$ 10.000 e R$ 12.000

–Container alterado para apartamento de 28 m2 (quarto, banheiro, dependência e cozinha): Com blindagem – entre R$ 22.000 e R$ 24.000

– Container alterado para apartamento de 28 m2 (quarto, banheiro, dependência e cozinha): Sem blindagem – entre R$ 16.000 e R$ 18.000

.

3) Princípios do aluguel:

Entre R$ 3 e R$ 4 por km rodado. Isto é, 100(ORIGINAL)|100 (CEM)|CEM} Km custaria entre R$ 300 e R$ 400.

.

Não vou aqui abalroar mais princípios, como blindagem ou o próprio abandono térmico/acústico, até visto que estes são bastante mais variáveis e vão sujeitar-se do material aclamado por cada um. Porém acredito que, com estes princípios, já é possível ter algumas noções.

Para casas maiores, basta acreditar a porção de containers necessárias.

Se indivíduo tiver mais informações e quiser associar, apenas deixar um anotação.

PS: a informações à empresa no post não o torna um publieditorial. Como se trata da empresa que estou contratando, somente aproveitei isto para pedir mais dados para vocês. Os apresentados são capazes de, até mesmo, ser bem diferentes daqueles localizados em mais companhias e regiões.

Qual o preço de uma alomorfia em container (contêiner) em casa?
Valor container + valor da alomorfia + valor de aluguel e descarregamento + valor de acabamento e blindagem + valor material

Como faço para acolher um orçamento?
Para concepções especiais é necessário a princípio de um estamparia que se quer. Esse estamparia pode ser realizado em programas específicos de construção ou a mão, a partir de que venham com cotas (atitudes), afável e dimensões proporcionais ao container Dry 20’ ou 40’HC. É com base nele que poderemos alcançar quanto sairá a alomorfia de containers em casa. Outro ponto fundamental é que o preço não é padrão para metros quadrados ou estilo de construção, ele pode variegar de acordo com a porção de afável importantes no container, atitudes e formatos de portas e janelas.

O que abarca o trabalho ?
A distribuição do container ou contêiner, com as adaptações para afável de portas/janelas e mais vãos, molduras, tingimento externa e disposição para acolher hidráulica. Aluguel e descarregamento, acabamento, blindagem e material são fechados pelo cliente de acordo com a necessidade e com qualquer abastecedor.

E o Projeto ?
A Reformolar possui os profissionais para aperfeiçoar e cumprir o seu projeto. Seja ele clássico ou moderno.

Casa Container Abarracamento – Reformolar
Quais são as atitudes dos containers usados para concepções especiais?
20 membro: 6m comprimento x 2,45m largura x 2,60m altura
40 membro HC: 12m comprimento x 2,45m largura x 2,90m altura

Como precisa ser a alicerce para abrigar uma casa de container?
Depende do terreno e da preferência do cliente, uma vez que o container não exige uma básica única e efetivamente de quatro pontos estruturais nas extremidades (sapatas).

Como o container é aplicado no local?
Primeiramentefaz-se preciso afirmar a situação do terreno e desimpedimento física para descarregamento e agitação dos mesmos. O aluguel é realizado com carreta e o descarregamento com guindaste ou munk, dependendo da situação.

Como ficam as instalações elétricas/hidráulicas em uma casa container?
Embutidas em acabamento que são capazes de ser de drywall, CHAPA DE FIBRA DE MADEIRA DE DENSIDADE MÉDIA, OSB ou mais.

Casa Container – Reformolar
Quais os revestimentos indicados para forro, paredes e andar do contêiner?
Há diversas opções, lã de rocha, lã de pet, XPS, drywall, OSB. E andar, qualquer um empregado em uma construção de alvenaria, pisos vinílicos, de alumínio,cerâmicos ou laminados.

Qual é a argumentação essencial para liberação do meu projeto em container?Junto a municipalidade da sua município são tirados os mesmos alvarás e licenças comuns aos de alvenaria.

Contêineres se transformam em hostel sustentável na fronteira

Os contêineres são usados em todo o mundo para o transporte de cargas, seja pelo mar ou pelos trilhos. Mas em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, as caixas de metal ganharam uma nova utilidade: serviram de estrutura para o primeiro hostel do Brasil – e o maior do mundo – construído com este tipo de material.

Localizado no corredor turístico da cidade, o Tetris – uma homenagem ao famoso (e viciante) game de empilhar e encaixar peças – conta com 15 contêineres que foram adaptados e transformados em cômodos como quartos, uma ampla cozinha compartilhada e até mesmo a piscina para os hóspedes se refrescarem. “A ideia foi realmente mostrar esse reaproveitamento. Fizemos questão de deixar aparecendo pequenas imperfeições e amassados para todos saberem a origem das peças”, destacou Ricardo Nisiide, gerente geral do hotel.

Inaugurado em dezembro, o hostel está operando com 30% de sua capacidade total, que deve chegar a de 70 hóspedes até abril, prazo previsto para o término das obras e adequações. Ao todo serão dez quartos: cinco privativos e cinco coletivos, que terão tamanhos diferenciados para comportar entre quatro e 12 pessoas cada.

Todos os quartos oferecem ar-condicionado, iluminação e tomadas individuais. Os banheiros dos quartos privativos possuem cabines individuais de chuveiro, sanitário e pia. Além disso, entre as comodidades oferecidas está um lounge compartilhado, varanda, jardim interno, depósito para bagagem e um bar na área de lazer. O estacionamento é gratuito.

Por se tratar de um hostel-conceito, as diárias são um pouco mais caras que as de albergues tradicionais, com estadias custando entre R$ 45 (quarto coletivo) e R$ 120 (quarto privativo). Além de servir como meio de hospedagem, outra intenção do hostel é promover atividades culturais, musicais, gastronômicas e artísticas, envolvendo não apenas os hóspedes como também o público local.

Preocupação ambiental

O conceito de sustentabilidade é um grande diferencial do hostel. Todo o projeto foi construído levando em consideração alternativas para reduzir os impactos ambientais. Além dos próprios contêineres utilizados para dar forma ao empreendimento, o reaproveitamento de materiais está presente em grande parte do mobiliário e da decoração.

As medidas vão desde as mais simples – como a transformação de caixas de fruta em prateleiras e de carretéis de madeira em mesas do lounge – até soluções mais complexas, como o sistema de tratamento de esgoto realizado por meio de um sistema eco-friendly, em que plantas fazem a filtragem da água que, na sequência, é usada para regar os jardins.

Além disso, a água da chuva é captada por meio de uma cisterna de 15 mil litros de capacidade e direcionada para as descargas dos banheiros; o telhado verde reduz a temperatura interna e a piscina é aquecida por meio de placas solares. Outra novidade é o piso drenante na parte externa, que evita o acúmulo de água e possibilita que ela seja escoada mais rapidamente aos lençóis freáticos. Quem visita o local também não imagina que a lã extraída de cerca de 110 mil garrafas pet faz parte do isolamento termoacústico dos ambientes.

Fonte: Gazeta do Povo